A importância da nutrição em cachorros de raça grande

Alimentação de Cachorros de Raça GrandeOs cães de raça grande têm com maior frequência problemas osteoarticulares. Este facto deve-se em grande parte à sua curva de crescimento: cães de raça grande aperesentam um período de crescimento mais longo que os cães de raça pequena e ao mesmo tempo, ganham mais peso por dia, submetendo o seu esqueleto e articulações a um esforço mais intenso antes de estarem completamente desenvolvidos. Saiba como a alimentação, o exercício e os condroprotectores os podem ajudar, na fase mais importante da sua vida.

A importância da 1ª alimentação:

A principal fase de crescimento ocorre após o desmame, sendo por isso importante que logo desde aí, seja fornecida uma alimentação que tenha todos os constituintes necessários para promover um equilibrado desenvolvimento dos ossos e dos músculos, de modo a reduzir ao máximo a incidências dos problemas osteoarticulares.

A alimentação administrada tem que ser alimentação de cachorro de raça grande e a sua administração severá de acordo com o seu peso (seguindo as indicações do produtor). A dose indicada na embalagem deve ser repartida em 3 ou 4 refeições diárias. A alimentação de um cachorro de raça grande nunca deve ser “ad libitum” (sempre à disposição).

Um estudo efectuado demostrou que a superalimentação, provocada pelo método de alimentção à vontade, associada com dieta de alta palatibilidade e alta densidade energética em cachorros de raça Dogue Alemão, induziu ao aparecimento de osteocondrose (degeneração das cartilagens articulares) na metáfise distal da ulna e de displasia coxofemural (displasia da anca). (Carneiro e col., 2006)

 

A importância do exercício físico:

A partir do momento que o cachorro completa o seu programa vacinal inicial, é importante começar a passear com ele no exterior e sociabiliza-lo com outros animais e outras pessoas. (Um cachorro que não é correctamente sociabilizado poderá ter problemas comportantais em adulto). O exercício deverá ser diário mas não extermamente intenso. A regra é: passeios diários curtos. Este exercício ajuda a evitar o excesso de peso e é indispensável para o desenvolvimento muscular e consequente suporte das articulações.

É preponderante controlar os exercícios: devem evitar-se os saltos e exercícios de resistência enquanto o seu crescimento ósseo não estiver concluído.

 

Proteger as cartilagens articulares:

Os cachorros de raça grande são mais susceptíveis ao desenvolvimento de osteoartrite precoces: o seu elevado peso provoca uma sobrecarga articular e quando estes jovens animais têm um estilo de vida muito activo, os problemas articulares evoluem muito rapidamente, principalmente, alterações ao nível da anca, cotovelo ou ombro.

Estudos demonstraram que a administração de glicosaminoglicanos (condroprotectores) pode ter um efeito positivo sobre as articulações dos cachorros com displasia da anca. Foi constatada uma melhoria da mobilidade e redução da dor durante a mobilidade da articulação (De Haan e col., 1994)

Um estudo comparativo destacou igualmente melhores imagens radiográficas em cachorros de raça Retriever do Labrador sujeitos à administração de condroitina comparativamente aos cachorros do grupo controlo (Lust e col., 1992).

De entre os glicosaminoglicanos, o sulfato de condroitina é citado com maior frequência, com o seu precursor, a glucosamina. Estas moléculas são classicamente utilizadas para proteger as cartilagens articulares e evitar o desenvolvimento de osteoartrites em cães idosos.

A utilização destas moléculas em cachorros de raças grandes entre os 6 e 12 meses apresenta um efeito preventivo a longo prazo.

Quando esta suplementação não é feita, há um risco bastante grande de se iniciar uma artrose, pelo desgaste da cartilagem articular provocado pela instabilidade articular.

As alterações iniciadas na fase pré-adulta raramente dão sintomas imediatos, levando no entanto o animal a desenvolver sintomas mais tarde, durante a sua vida adulta.

Partilhe com os seus amigos!

Esta entrada foi publicada em Nutrição com as tags , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta