Dentição de cachorros e gatinhos

É frequente os donos dos animais começarem-se a preocupar com a dentição dos seus animais quando começam a sentir mau hálito ou quando notam alguma doença oral mais pronunciada que origine tumefacções, dor na mastigação ou salivação excessiva. No entanto, os cuidados com a higiene oral devem começar desde cedo…

Neste artigo vamos revelar algumas das coisas que é importante saberem…

Com que idade surgem os primeiros dentes?

Os primeiros dentes surgem por volta das 3 semanas de idade no gato e por volta das 4 semanas no cão.

Esses primeiros dentes são os “dentes de leite”. São mais estreitos e ponteagudos que os dentes definitivos.

Nas brincadeiras com os cachorros deve evitar-se tração excessiva e brincadeiras com brinquedos duros ou pedras que possam provocar fraturas dos dentes.

Então os cães e os gatos têm dentes de leite e dentes definitivos!!!

Com que idade ocorre a mudança dos dentes?

A mudança dos dentes inicia-se por volta dos 4 meses. Os primeiros dentes a cair são os incisivos centrais. Todos os outros se seguirão, até ter todos os dentes definitivos por volta dos 6 meses.

Se no final dos 7 meses de idade o animal ainda tiver dentes de leite, estes têm indicação para serem removidos cirurgicamente. As situações de dentes de leite persistentes ocorrem principalmente em animais de raça pequena.

A permanência do dente de leite por um período de tempo superior ao normal pode fazer com que o dente definitivo nasça numa posição e direção anormal. Nestes casos quanto mais precocemente for removido melhor.

Em algumas situções fica tão junto do dente definitivo, que aumenta a probabilidade de acumulação de restos alimentares, levando posteriormente ao surgimento precoce de placa e tártaro.

Há algum aspeto ao qual deva estar mais atento?

Sim. Durante a mudança de dentição é bom observar se os dentes estão a nascer na posição correta. O nascimento de dentes em posições erradas, pode levar a situações de má oclusão, feridas no palato, etc. Estas situções podem ser evitadas se atempadamente se detetar e corrigir o problema.

Para tal, é importante fazer um chech-up dentário aos 6 meses de idade.

E para evitar o mau hálito e tártaro? O que devo fazer?

O mais correto é escovar os dentes do cão, com escova e pasta de dentes própria para eles uma vez ao dia, todos os dias, após a última refeição.

Para o ensinar, deve-se começar desde cedo.

Nos primeiros dias é importante dar-lhes a conhecer a pasta dos dentes. Elas são especialmente formuladas para eles, não havendo problemas se eles a ingerirem. Depois deverá começar a escovagem pelos dentes pré-molares e molares, em movimentos circulares. Quando o animal já deixar lavar os dentes de trás, deverá começar a tentar lavar os dentes incisivos e caninos.

Numa fase mais avançada, não se deve esquecer de escovar também a face interna dos dentes.

O uso de snacks para os dentes também está indicado, mas o uso destes, não substitui a escovagem diária.

Partilhe com os seus amigos!

Esta entrada foi publicada em Doenças. ligação permanente.