Sintomas e como actuar

A maior parte dos animais de companhia, quando bem tratados, vivem mais tempo e com melhor saúde. Mas quando surge algum problema, é a vossa rapidez de acção que faz a difença.

Em seguida apresentamos uma tabela com os problemas mais frequentes e como reagir nesses momentos.
Legenda:

Verde: manter o vosso animal em observação durante 3 a 4 dias. Se os sintomas persistirem, marquem consulta no veterinário.

Amarelo: manter o animal em observação durante 24 a 48 horas. Se ele não melhorar, contactar o vosso veterinário.

Laranja: Levar o animal ao veterinário se o seu estado não melhorar no prazo de 12 horas, ou se piorar.

Vermelho: Levar imediatamente o animal ao veterinário. É uma urgência.

 

Sintomas

Causa prováveis

Que fazer

Sinal

Abanar a cabeça

Otite, corpos estranhos, irritação nasal

Procurar outros sintomas

Vermelho

Apetite diminuido

Febre, infecção, dores, stress, problemas digestivos,
insuficiência renal.

Procurar outros sintomas

Amarelo

Arrasta o rabo no chão

Sacos anais cheios ou infectados

Ver se o animal tem lesões na região anal.

Amarelo

Aumento de apetite com aumento de peso

Sobrealimentação, tratamento com esteroides, problemas
metabólicos.

Pesar exactamente a quantidade de comida que lhe dá cada dia e
pesar o animal todas as semanas.

Verde

Aumento de apetite com perda de peso

Diabetes, má assimilação, aumento das necessidades
metabólicas.

Observar as fezes e o consumo de água.

Verde

Aumento de peso

Sobre alimentação, inactividade, gravidez, desequilíbrio
hormonal.

Pesar o cão todas as semanas e medir suas rações.

Verde

Auto-mutilação (o animal morde-se)

Alergias cutâneas, glândulas anaios cheias, pulgas.

Observar se o animal tem pulgas.

Verde

Boca babada

Dente que abana, corpos estranhos na boca, infecção,
traumatismo.

Abrir a boca do animal e ver o seu interior.

Vermelho

Cabeça inclinada

Problemas de equilíbrio, de ouvidos ou de cérebro.

Ver se o animal anda em círculos

Vermelho

Cera nos ouvidos

Infecção do canal auditivo extarno, corpo estranho dentro do
ouvido

Limpar cuidadosamente o ouvido

Amarelo

Claudicação aguda e dolorosa de um membro

Entorce, fractura, artrose, tumor ósseo, traumatismo.

Repouso completo

Vermelho

Claudicação do membro anterior

Problemas de crescimento, por exemplo, rádio curto.

Determinar a gravidade da claudicação e o grau de dor.

Amarelo

Claudicação do membro posterior

Displasia da anca, luxação da rótula, ruptura do ligamento
cruzado.

Repouso completo

Amarelo

Coçar a orelha

Otite, corpos estranhos, alergias cutâneas

Observar se há cera no ouvido

Amarelo

Comichão

Pulgas, ácaros, alergias cutâneas

Procurar pulgas ou os seus excrementos

Verde

Convulsões

Epilepsia, intoxicação, problemas metbólicos, traumatismo
craneano, tumor.

Verificar a duração das convulsões e se há perda de
consciência.

Vermelho

Corrimento nasal

Infecção (bacteriana, vírica ou fungica), tumor, corpos
estranhos.

Observar se o corrimento vem de uma só narina, ou das duas.

Verde

Corrimento no pénis

Normal em machos não castrados, Infecção do prepúcio ou da
uretra.

Observar se o pénis está inflamado.

Verde

Corrimento ocular

Conjuntivite, úlcera corneal, problemas nas pálpebras,
objectos estranhos.

Limpar o olho com soro fisiológico

Laranja

Corrimento vaginal

Cio, vaginite, piómetra.

Averiguar a cor e actuar rapidamente se a cadela não estiver
em cio, nem esterilizada.

Laranja

Diarreia

Infecção viral ou bacteriana, parasitismo, intolerância
alimentar, indigestão, tumor, envenenamento.

Registar o n.º de vezes que o animal defeca e procurar
vestígios de sangue.

Amarelo

Dificuldade em defecar

Fezes duras, aumento do tamanho da próstata, colite, obstrução
intestinal.

Observar as atitudes do animal.

Vermelho

Dificuldades na deglutição

Traumatismo, tumor, dores

Examinar a boca e dar alimentos moles

Amarelo

Dilatação lenta do abdomen

O animal engordou, está obstipado, tem aumento do tamanho dos
órgãos, tumor, tem líquido abdominal.

Procurar mais sintomas (tosse, aumento do tamanho da glândula
mamária , etc)

Verde

Dilatação súbita do abdómen

Dilatação do estômago, traumatismo, hemorragia

Reagir rapidamente

Vermelho

Espirros

Infecção do tracto respiratório superior, irritação nasal.

Verifique se o animal tem corriemnto nasal.

Amarelo

Falha de pêlo

Demodecose, desequilíbio hormonal, comichão intensa (lamber e
arranhar)

Avaliar se o animal tem pulgas e ver a actitude dele.

Verde

Focinho inchado

Reacção alérgica à picada de insectos, abcesso.

Observar a rapidez dos fenómenos

Vermelho

Febre

Infecção, leucemia, doença auto-imune, envenenamento.

Deixar o cão beber bastante água.

Laranja

Flatulência

Alimentação inadequada, velhice.

Mudar a dieta do cão e dar 2 a 4 refeições por dia.

Verde

Fraqueza

Doenças cardíacas, doenças metabólicas, doenças neurológicas,
problemas hormonais, velhice.

Procurar outros sintomas

Verde

Incontinência urinária

Nervos da bexiga danificados, problema na uretra, inchaço da
próstata, excessivo consumo de água.

Observar se a situação é pior quando o cão está em pé ou
deitado e recolher uma amostra da urina.

Verde

Inchaço na pele

Abcesso, inflamação.

Ver se a parte inchada está quente

Amarelo

Ir com as patas à boca

Corpo estranho dentro da boca.

Abrir a boca e ver o seu interior.

Laranja

Letargia

Muitas causas: doenças cardíacas, anemia, etc …

Procurar outros sintomas.

Verde

Mau hálito

Coprofagia, problemas dentários, infecção bucal.

Ajudar o cão a perder os hábitos de comer as fezes. Observar a
boca e os dentes.

Verde

Mucosas amarelas (icterícia)

Problemas de fígado, tumores, anemia

Ver a cor da conjuntiva

Laranja

Nariz seco e quente

Febre, velhice.

Fazer um check-up ao seu animal.

Verde

Nódulos no corpo

Massa gorda, verrugas, abscessos, hérnias, tumores cutâneos.

Observar se a região é quente e dolorosa.

Amarelo

Nódulos mamários

Nódulos benignos, tumores malignos.

Palpar todas as glândulas mamárias.

Amarelo

Obstipação

Dores, falta de apetite,obstrução intestinal, músculos
abdominais fracos

Verificar se o animal faz força para defecar.

Vermelho

Olho choroso

Olho irritado

Examinar o olho atentamente para procurar corpos estranhos.

Laranja

Olho opaco

Problemas na córnea, catarata.

Observar há corrimento ocular e se animal vai muitas vezes com
a pata ao focinho.

Vermelho

Olho semi-fechado

Dor, corpos estranhos, traumatismo

Lavar o olho com soro fisiológico

Laranja

Olho vermelho

Inflamação da conjuntiva, sangue dentro do olho.

Examinar o olho atentamente para descobrir que estrutura está
vermelha.

Amarelo

Orelha caída

Otite, corpos estranhos

Ver se há corrimento ou se tem mau cheiro.

Amarelo

Orelha com mau odor

Orelha suja, otite

Procurar áreas vermelhas ou sinais de cera dentro do ouvido,

Amarelo

Pele a descamar (“caspa”)

Parasitas, seborreia, desequilíbrio alimentar, banhos muito
frequentes.

Procurar o seu veterinário

Verde

Pele com bolhas ou crostas

Infecção, sarna, doenças cutâneas auto-imunes

Observar se o cão se coça.

Verde

Perda de consciência

Traumatismo craniano, epilepsia, coma diabética, hemorragia
intracraniana.

Manter o animal quente e certificar se as suas vias
respiratórias não estão obstruídas.

Vermelho

Perda de peso

Alimentação insuficiente, dor ou dificuldade a comer, vómitos,
má digestão e má absorção.

Dar ao animal 3 a 4 refeições por dia de alimentos muito
calóricos.

Verde

Polidipsia

Febre, problema renal, diabetes, piómetra.

Medir a quantidade de água ingerida pelo animal e fazer uma
recolha de urina.

Laranja

Prolapso da 3ª pálpebra

Problemas oculares ou sinal de doença.

Procurar outros sintomas.

Vermelho

Recusa de caminhar ou fazer exercício

Dor, doença cardíaca, doença metabólica.

Procurar outros sinais tais como rigidez.

Verde

Regurgitação

O animal come muito rápido, obstrução esofágica, megaesófago.

Experimentar dar-lhe 3 refeições pequenas por dia.

Verde

Respiração rápida

Hemorragia, medo, doença respiratória, doença cardíaca,
problemas metabólicos, problema cerebral.

Manter o animal calmo e ver a cor das mucosas.

Vermelho

Respiração ruidosa

Obstrução parcial das vias respiratórias.

Observar se a situação se agrava em repouso ou durante o
exercício.

Amarelo

Salivação excessiva (o animal baba-se)

Gengivite, corpos estranho, raiva

Examinar a boca do animal.

Vermelho

Sangramento gengival

Problemas dentários, infecções, problema de coagulação.

Examinar os dentes.

Laranja

Sangue da boca

Traumatismo, infecção

Observar o interor da boca

Amarelo

Sangue nas fezes

Colite, neoplasia.

Fazer uma recolha de fezes

Amarelo

Sangue na urina

Cistite, cálculos urinários, traumatismo, tumor.

Fazer uma recolha de urina.

Laranja

Sangue pelo nariz

Traumatismo, problema de coagulação, infecção crónica, tumor.

Tentar manter o cão com o nariz para baixo.

Vermelho

Tosse

Bronquite, problema cardíaco, traqueíte, parasitas
(dirofilárias).

Isolar o animal até que a causa seja conhecida.

Amarelo

Urina em grande quantitade

Infecção do aparelho urinário, diabetes, problemas renais.

Deixar o cão beber abundantemente.

Amarelo

Urina muito frequentemente

Cistite, diabetes, piómetra, problemas renais.

Recolher urina.

Amarelo

Vómitos

Gatro-enterite, obstrução, enjoo dos transportes, intoxicação,
má alimentação.

Tente lembra-se do que ele comeu.

Vermelho

Partilhe com os seus amigos!

Esta entrada foi publicada em Primeiros socorros com as tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta